Progressão curricular e regime de avaliação

As Escolas Profissionais adoptam a “estrutura modular” como forma flexível de organizar a formação profissional e os processos de ensino, aprendizagem e avaliação. Assentam num novo paradigma construtivista que permite personalizar os ritmos de aprendizagem de cada aluno, sendo compatível com as características de uma formação qualificante de qualidade.

A avaliação é essencialmente contínua e formativa e processa-se segundo três modalidades: avaliação diagnóstica, avaliação formativa e avaliação sumativa.

No início de cada módulo são realizadas actividades de diagnóstico que testam os pré-requisitos necessários ao desenvolvimento dos respectivos conteúdos, (conceptuais, procedimentais e atitudinais).

Ao longo do desenvolvimento curricular do módulo, a avaliação autêntica deve resultar da auto e hetero-avaliação dos alunos e da avaliação realizada pelo professor, recorrendo a uma diversidade de instrumentos e técnicas para verificar as evidências de aprendizagem e a aquisição das competências.

Última alteração: terça-feira, 29 maio 2012, 18:32